Autor

Contato

Navegação

Em épocas de crise, onde existe uma alta taxa de desemprego, pensar em entrar no mercado de trabalho pode ser assustador. Quando a pessoa não tem nenhuma experiência ainda e se trata do Primeiro emprego, o obstáculo pode ser ainda maior, seja pelo nervosismo ou pela falta de experiência. Para conseguir seu primeiro ofício é importante manter a calma e o foco, ser paciente e não desistir. Quem está em busca da primeira vaga de trabalho ou estágio na área da graduação que está cursando, é importante ficar atento. Tente procurar por vagas que conseguem colocar em prática o aprendizado da sala de aula, e que possam ampliar suas experiências sem afetar seu desempenho acadêmico. Desta forma, você consegue seguir bem na faculdade e se tornar um profissional cada vez melhor e o seu primeiro emprego pode, inclusive, se tornar sua carreira.

A melhor forma de melhorar suas chances de conseguir um bom emprego é  com alguns pequenos passos você pode ampliar sua empregabilidade inclusive enquanto faz faculdade. Fazer um bom currículo é essencial para que você aumente suas chances de conseguir um trabalho e, a melhor forma de ter um bom currículo para apresentar aos empregadores é se envolvendo com atividades que possam lhe dar experiências e novos aprendizados. Aproveite atividades que possam ter algum tipo de remuneração para começar a construir seu currículo e desenvolver sua caminhada profissional.

Para te ajudar se desenvolver academicamente e profissionalmente para estar pronto para o mercado de trabalho, separamos algumas dicas, para além do currículo em papel, que podem ser valiosas na hora de conseguir o primeiro emprego. 

Como estar pronto para o primeiro emprego

Se envolva em projetos de extensão

Projetos de extensão existem nas universidades para que o aluno possa colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala. Todo o aluno pode se candidatar para participar de projetos que estejam de acordo com suas áreas de interesse. Este tipo de atividade amplia o conhecimento do aluno para além do campus universitário porque trabalha questões relacionadas à sociedade e comunidade. Muitos projetos de extensão podem ser responsáveis pela primeira experiência prática do estudante universitário com a sua futura profissão. Por serem feitos por alunos e de caráter experimental, o estudante se sente mais confortável para começar a atuar partes da sua profissão em projetos de extensão do que num estágio. A experiência também é supervisionada por professores, que podem dar dicas e sugestões para os alunos durante todo o processo.

Ter participado de um projeto de extensão é, sem dúvidas, um bom componente para colocar no currículo e que chama a atenção dos empregadores, principalmente quando se trata de um primeiro emprego. Em algumas universidades, os estudantes que fazem parte de projetos de extensão podem receber bolsas pela participação. Para saber quais são os projetos que sua universidade propõe entre em contato com a coordenação do seu curso e se informe.

Participe de projetos voluntários

Na mesma linha dos projetos de extensão, projetos voluntários são uma boa oportunidade para quem quer desenvolver experiências e conquistar o primeiro emprego. Para participar de um projeto voluntário você não precisa estar estudando em uma universidade nem, na maioria das vezes, ter qualquer tipo de curso. Ajudar alguem pode também te ajudar a montar seu currículo profissional. O voluntariado permite que você tenha diferentes tipos de experiência, a depender da atividade que você optar por fazer. Empregadores têm interesse em projetos voluntários porque sabem que eles são uma boa experiência para quem trabalha com atividades que envolvem o público, empatia, organização, trabalho em equipe e outras capacitações importantes e que nem sempre é possível aprender dentro da sala de aula.

Sempre participe de atividades relacionadas

Tente sempre se manter atualizado nas novidades da área em que você quer trabalhar e conquistar seu primeiro emprego. Leia blogs e informações na internet e se capacite sempre que possível. Muitas universidades, mesmo as particulares, oferecem palestras e seminários gratuitamente, tanto para a comunidade acadêmica quanto para a comunidade externa. Qualquer tipo de troca de conhecimento pode ser vantajosa para você. Tente conversar com pessoas próximas que trabalham com o que você almeja, perguntando sobre o cotidiano da profissão e também pedindo dicas para conquistar o primeiro emprego.

Estar por dentro da sua área de trabalho é muito importante para que você se sinta confortável inclusive em momentos de entrevista de emprego. Participando de atividades relacionadas à sua área profissional amplia seus conhecimentos e seu vocabulário sobre o futuro emprego. 

Prepare seu currículo

A medida que você desenvolve algumas atividades e conhecimentos, mesmo sem uma experiência de trabalho propriamente dita, você vai observar que montar seu currículo fica mais fácil e que você já tem um maior potencial para conquistar seu primeiro emprego. Lembre de selecionar as atividades mais importantes que você já realizou,  agrupá-las e destacá-las da mais relevante para a menos relevante de acordo com a vaga que você tem interesse de concluir. Monte um currículo breve. Como é seu primeiro emprego, não faz sentido “encher linguiça”, seu empregador já imagina que você não tem muitas experiências e não espera por muitas páginas. Coloque apenas o essencial. Lembre sempre de colocar sua formção, cursos profissionalizantes e idiomas, caso você saiba falar alguma outra língua.

E aí, acha que agora vai conseguir se preparar melhor para o primeiro emprego? Conta pra gente outras dicas que você considera boas para conquistar a tão sonhada vaga.